Sexologia

Atendimentos individuais e/ou para casais

Sexologia no entendimento da Psicanálise Freudiana

Sexologia é o ramo de estudo do comportamento sexual humano em todas as fases da sua vida, assim como suas influências biológicas, psicológicas, culturais, religiosas, etc.

O sexólogo ou terapeuta sexual é um profissional que auxilia o indivíduo a vivenciar de forma saudável a sua sexualidade. A sexualidade, segundo a O.M.S. - Organização Mundial de Saúde - É "um aspecto central do ser humano ao longo da vida e engloba o sexo, identidade de gênero e funções, orientação sexual, erotismo, prazer, intimidade e reprodução." Não se trata somente do ato sexual em si, mas das expressões de pensamentos, desejos, fantasias, atitudes, valores, comportamentos, papeis sexuais e relacionamentos que se vivenciam do nascimento até a morte.

O que faz um Terapeuta Sexual?

O Terapeuta Sexual é o profissional que auxilia a entender a sua sexualidade, a trabalhar as dificuldades sexuais e desfazer-se de traumas, mitos e preconceitos que limitam a vida sexual, melhorando o prazer e a saúde sexual, além de prevenir doenças sexualmente transmissíveis, bem como superar as disfunções sexuais que atrapalham o relacionamento amoroso e acontecem nas diversas fases da resposta sexual (falta de desejo, dispaurenia ou dor na relação sexual, anorgasmia, disfunção erétil, ejaculação precoce e retardada, desejo sexual hipoativo ou frigidez, vaginismo, compulsão sexual, etc.), e podem ocorrer por questões psicológicas, condições médicas, ingestão de substâncias. A orientação sexual é oferecida a todas as pessoas que desejam amplkiar seus conhecimentos sobre o próprio corpo, prazer e ter mais intimidade com a própria sexualidade. Para casais que passam por alguma dificuldade íntima e sexual, também a adultos, adolescentes e idosos, para que com isso possam obter uma vida completa, mais saudável e prazerosa inclusive sexualmente.Uma grande parte dos problemas sexuais enfrentados se deve a questões de crises nos relacionamentos, como idealizações, fantasias e fetiches ou por dificuldades na própria convivência, seja individual ou no casal.Um Terapeuta Sexual está preparado para auxiliar na solução das dificuldades, auxiliando a encontrar a origem das disfunções que desarmonizam a si mesmo ou a relação, ou mesmo as questões individuais que são egodistônicas.

Quando devo procurar ajuda?

Quando qualquer situação se torna um problema ou alguma questão que haja enfrentado se tornou disfuncional, quando há sofrimento acentuado e dificuldade interpessoal, comprometendo sua saúde sexual, sua vida pessoal ou da relação afetiva.Por questões de pudor, educação rígida, vergonha, as pessoas deixam de obter ajuda e na maioria das vezes comprometem ainda mais sua saúde, sua vida e as relações afetando até mesmo o convívio com outras pessoas.As terapias sexuais, principalmente quando realizadas com o casal são eficientes para a resolução das dificuldades, quando estas não dependem de condições orgânicas.Converse com seu parceiro ou parceira abertamente sobre a necessidade de procurar ajuda, a fim de resolver o mais brevemente a situação, ou se as questões forem individuais, como por exemplo, relacionado à identidade sexual, reflita sobre os benefícios que poderá obter ao vencer os bloqueios que impedem sua felicidade e bem estar.Quando mais cedo você procurar um especialista, mais rapidamente entrará em harmonia consifo mesmo e com o universo a sua volta.Saiba que quase todos os problemas sexuais têm solução, e a maioria de forma bastante breve.

Sexualidade

A sexualidade não é uma coisa em si, é qualquer coisa em nós...

Sexualidade é um termo amplamente abrangente que engloba inúmeros fatores e dificilmente se encaixa em uma definição única e absoluta.

Teoricamente, a sexualidade assim como a conhecemos, inicia-se juntamente à puberdade ou adolescência, o que deve ocorrer por volta dos 12 anos de idade (Art. 2º - Estatuto da Criança e do Adolescente). Entretanto, em prática, sabemos que não se configura exatamente desta forma.

O termo "sexualidade" nos remete a um universo onde tudo é relativo, pessoal e muitas vezes paradoxal. Pode-se dizer que é traço mais íntimo do ser humano e como tal, se manifesta diferentemente em cada indivíduo de acordo com a realidade e as experiências vivenciadas pelo mesmo.

A noção de sexualidade como busca de prazer, descoberta das sensações proporcionadas pelo contato ou toque, atração por outras pessoas (de sexo oposto e/ou mesmo sexo) com intuito de obter prazer pela satisfação dos desejos do corpo, entre outras características, é diretamente ligada e dependente de fatores genéticos e principalmente culturais. O contexto influi diretamente na sexualidade de cada um.

Muitas vezes se confunde o conceito de sexualidade com o do sexo propriamente dito. É importante salientar que um não necessariamente precisa vir acompanhado do outro. Cabe a cada um decidir qual o momento propício para que esta sexualidade se manifeste de forma física e seja compartilhada com outro indivíduo através do sexo, que é apenas uma das suas formas de se chegar à satisfação desejada. Sexualidade é uma característica geral experimentada por todo o ser humano e não necessita de relação exacerbada com o sexo, uma vez que se define pela busca de prazeres, sendo estes não apenas os explicitamente sexuais. Pode-se entender como constituinte de sexualidade, a necessidade de admiração e gosto pelo próprio corpo por exemplo, o que não necessariamente signifique uma relação narcísica de amor incondicional ao ego.

Existem diferentes abordagens do tema que variam de acordo com concepções e crenças convenientes a cada um. Em alguns lugares pode-se encontrar visões preconceituosas sobre o assunto. Em outros, é discutido de forma livre e com grande aceitação de diferentes olhares ao redor do termo. Algumas vertentes da psicologia, como a psicanálise Freudiana, consideram a existência de sexualidade na criança já quando nasce. Propõe a passagem por fases (oral ,anal, fálica) que contribuem ou definem a constituição da sexualidade adulta que virá a desenvolver-se posteriormente.

Seja qual for a sua visão íntima sobre o assunto, é interessante que se possa manter uma relação de compreensão e aceitação de sua própria sexualidade. O esclarecimento de dúvidas e a capacidade de se sentir vontade com seus desejos e sensações, colabora imensamente ao amadurecimento desta, o que gera sensação de conforto e evita conflitos internos provenientes de dúvidas e medos, gerando uma experiência positiva e saudável.

Pagamento

Optei por usar o modelo freudiano no qual você negocia diretamente comigo o quanto acredita que vale e pode investir, então temos a liberdade de definir o preço conveniente aos dois. Na primeira entrevista estabelecemos contato e podemos decidir se iremos dar início ao processo de analítico. Como mencionei antes, algumas vezes é necessário mais de uma entrevista de ensaio para se chegar a essa decisão por ambas as partes.

As consultas são presenciais e podem ser realizadas de forma individual, para casais ou com acompanhamento familiar, duram em média 1 hora, 1 vez por semana.

Para maiores informações e agendamento chame no (11) 98252-2224.

Consultório: Rua Santa Cruz, 1010 - Vila Mariana - próximo a estação Santa Cruz do metrô, linha azul.